PRÓXIMO CAPÍTULO
Éramos tão felizes — tão invejados, tão perfeitos juntos
AGORA
Estamos ambos sentados no mesmo cômodo, sem falar absolutamente nada, as paredes vazias, assim como nós.
            (O CONTO DE FADAS VIROU UMA TRAGÉDIA)
O que faria se eu lhe desse a batalha em suas mãos?
Desejei o fim disso, sim. Céus, você não faz ideia de como isso está me matando — estamos vindo abaixo. Morro agora, porque não sei o que falar.
                        (Isso está matando você também?)
            Nós estamos em silêncio novamente, correndo do sol, fugindo das verdades — da vida.
            O que vamos fazer agora?
            De tanto te amar, passe a te odiar — com todas as minhas forças.
            E tudo veio ao chão, ruindo.
            Querido, sei que já FOMOS; agora NÃO SOMOS MAIS. Porém, me ouça.
                        (Ainda me lembro da sua mão na minha e das batidas de seu coração na palma de minha mão)
            Viramos apenas pedaços retorcidos de nada.
            Somos o que restou.
            Somos o espelho quebrado.
            Somos a batalha perdida.
            Somos o fim.


(THE END)


6 Comentários